Por que o capitão do mato culpa a mulher pela sua condição se oprimida?

1 Comment

Por que o capitão do mato culpa a mulher pela sua condição se oprimida?

Famílias, patriarcais como são, continuam criando filhas como quem cria gado. Pais continuam vendo na filha adolescente bonita uma coisa com a qual podem auferir algum ganho: é importante conseguir passar “para frente” o objeto. Quem cria, ou melhor, destrói a mulher para que se torne “mão de obra dócil” e como o faz é o que deveríamos estar observando mas não o fazemos.

1 Comment

Adeus, comandante Fidel. Choramos todos

Comment

Adeus, comandante Fidel. Choramos todos

Os homens e mulheres e amantes da paz e do progresso das pessoas tiveram um dia triste. Morreu um pai. Morreu um irmão. Morreu um amigo. Todos choramos. Quantos homens hoje não estão chorando a morte de nosso comandante? Milhares

Comment

Como Cuba ajudou na independência de Angola

Comment

Como Cuba ajudou na independência de Angola

A visão do escritor Pepetela sobre a Independência de Angola e a Guerra Civil que tomou conta do país africano. "Os cubanos, de fato, estavam em Angola. Mas como instrutores e não como militares. Isso era a desculpa que mundo ocidental."

Comment

A pressão ao Governo Temer começa na base

Comment

A pressão ao Governo Temer começa na base

Deputadores votaram a PEC de forma tranquila, seguindo a determinação do Governo. Cabe então uma profunda avaliação sobre esta questão.  Qual tem sido a forma de atuação dos organismos sociais, de esquerda, na busca da unidade necessária aos encaminhamentos? 

Comment

'Como uma cidade como Santos continua tendo palafitas?'

1 Comment

'Como uma cidade como Santos continua tendo palafitas?'

"Como uma cidade que tem o capital urbanístico de Santos pode ter torres de milhões de dólares e continuar tendo palafitas?". A arquiteta e urbanista Raquel Rolnik esteve em Santos e falou sobre os problemas de moradia no Brasil e no mundo, tema de seu livro Guerra dos Lugares - a Colonização da Terra e da moradia na era das finanças.

1 Comment